Jornalista Blogueiro investiga “Googlepédia”!

Google – Com a recente mudança no site , que agora em suas buscas aparecem mais resultados de conteúdos da Wikipédia  (enciclopédia de pesquisa colaborativa da internet), demonstra o valor desta enciclopédia, pois sabe-se que resultados advindos do Google, são considerados valiosos. Quando uma empresa aparece neste site de busca, dependendo da frequência, pode significar sucesso ou fracasso para o empresário.

Há suspeitas de que, segundo o livro A Busca – Como o Google e Seus Competidores Reinventaram os Negócios e Estão Transformando Nossas Vidas, haja manipulação de resultados das respostas para favorecer a Wikipédia.

O jornalista John  Batelle (escreve assim mesmo), autor do livro, e alguns empresários se perguntam se estaria mesmo o Google favorecendo a Wikipédia, até especulam estar nascendo uma “Googlepédia”.

“Já havia bastante links  para a Wikipédia no site de busca, mas recentemente deram um senhor salto. Todos viram –  continua o blogueiro – que realmente o artigo ‘Britney Spears’, criado em junho de 2004 na Wikipédia, ganhou 11 posições no Google nos últimos 30 dias, segundo o site Alexa” –  este site mede a audiência de grandes portais na internet.

Segundo o jornalista, nenhuma empresa pode pagar ao Google para ganhar posições no resultado de buscas, mas apenas para aparecer numa área comercial, reservada à publicidade. O que se questiona é se haveria um interesse comercial por trás da ascenção da Wikipédia na busca do Google.

A Wikipédia afirma não ter negócios vinculados ao site, mas Google e Wikipédia estão mais juntos do que se imagina, segundo o blogueiro.

A enciclopédia eletrônica  ainda depende de doações para se manter e quanto mais cresce, mais caro é administrar seu banco de dados.

“Em algum momento próximo , manter esse conteúdo seria um negócio insustentável”, diz Johon Batelle.

“Seria nessa hora que Jimmy Wales, fundador da enciclopédia, bateria à porta do Google”. E  que o Google tem a ferramenta perfeita para resolver o problema da Wikipédia: seu sistema de publicidade. Diz ainda que a Wikipédia poderia permitir anúncios nos verbetes semelhantes ao do Google. O lucro do patrocínio seria dividido entre os dois parceiros, Google e Wikipédia.

E quanto a nós usuários?

Para esse blogueiro da Comunicação e internauta, a Googlepédia também não seria uma má idéia – reuniria dois dos melhores serviços da internet em um só lugar.

(Revista Época).

Compare Preços de: Roteiros de cinema, Faculdade de roteiristas no Buscapé.

Anúncios