Os Santos (cont.)

                                            pág.17

                                         Cap. II

Voltando à praça…

Amado nativo, sinto-me envergonhado por minhas últimas palavras ásperas quando vos falei de minha amada com cabelos de fogo. Estive até agora precisando de uns esclarecimentos. E, pensando e meditando esses dias todos sem nada comer, cheguei à conclusão de que conhecera mais um de vossos ingratos sentimentos: o ciúme!

Eu pude sentir – eu posso sempre – que ao falar de minha deusa, vós leitor, ficastes atraído por sua beleza, por isso aquelas palavras tão rudes proferidas por mim na ocasião. Espero que possamos esquecer este incidente para que eu prossiga narrando-vos vossa própria história.

E para provar que encontro-me mesmo arrependido, vos mostrarei algo maravilhoso: descreverei como nos transportamos  de um lugar para o outro porque sei o que é a curiosidade, pois esta também  a temos, por isso viajamos pelo Universo.

Mas, antes, estimado nativo, deixai-me contar o que aconteceu na praça, naquele nosso primeiro contato, pois temo que aquelas três pessoas ainda estejam por lá, porque esqueci de liberá-las.

Sim, eu posso imobilizar vossos movimentos, embora não deveis vos assustar pois em nenhum momento espero eu ter que assoberbar-me em superioridade ante vossas vidas e corpos, já que de onde procedo não há supremacias maliciosas ou mal intencionadas. Principalmente de mim, um operário das escritas.

                                        pág.18

Lá estão os três, ainda sentados e fitando o por do sol. Aproveitarei para assistí-lo também. Mas não vos farei esperar, posso ir conversando enquanto capto minhas energias solares.

Essas três pessoas foram por mim vistas e escolhidas para dar-me suporte cerebral. Não, não vos alarmeis. O termo pode parecer predatório mas não se trata disto. Apenas há coisas que não temos descritas e documentadas em nosso Senado portanto eu necessito saber sempre de alguns detalhes sobre vós.

O ciúme e a mentira eu descobri a sós, porém me obrigo ao niilismo já que não poderia envolver-me com vosso povo. Entretanto podeis relaxar, honorável nativo, não vos tenho rancores e nem total descrença. Afinal, eu vejo-vos ao fundo e sei que há algo de bom latejando em  vossa  alma espiritual, ainda que portadora de alguns defeitos de fábrica.

Eu vi que já conhecestes minha amada Amândera. Não poderia dizer de pronto ser ela a minha santa, eu ainda não confiava suficientemente em vós. E por temer por vosso bem estar omiti a procedência do amor de minhas vidas. Principalmente agora que senti ciúmes.

Provavelmente este sentimento poderá por minha missão a perder – preciso lutar contra – porque sei que por onde anda minha deusa luzes belas espalham-se ao redor e vossa constituição física e mental  não estarão jamais preparadas para conter-se diante de tamanha beleza superior a de vossas mulheres. Com todo respeito, estimado nativo. Sou um cavalheiro, por isso, assim que mais íntimos formos, descreverei como nossas mulheres nos deixam felizes. E havereis de concordar comigo.

                                       pág.19

E, por mais que eu possa parecer um santo sem palavra e honra, acabei de receber mensagens do Sacerdote Lo. Estou com algumas dificuldades com o quarto santo, o Androro.

Terei que sair ao seu encontro mas não esquecerei de minha promessa. Haverei de vos contar como nos transportamos, amado nativo. Honra, para nós, é fundamental em nossa existência.

Sei que também desejais saber mais sobre Androro, porém, este é ainda um ponto obscuro em minha confiança em vós porque sei que lealdade não é considerado um sentimento prioritário por aqui.

Sinto muito, querido nativo. Ainda não.

Mas na sequência, quando virares a próxima página, tereis grata surpresa. Não poderia deixar meu leitor telúrico sem nada para gozardes.

(continua)

Sua opinião me interessa ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s