As vantagens da modernidade tardia – Internet e TV

Televisão

Quem ganha, quem perde…

Como acabou a primeira parte de minha estória – Os Santos – e agora entraria em parte de choques e premonições baseados em estudos e entrevistas com pessoas que fazem contato com E.T.s (ufologistas), achei melhor dar um tempo de transcrever, até porque não creio que alguém estivesse lendo hehe, além de alguns amigos e fãs.

Livros são para serem escritos, revisados, editados, publicados e lidos! Na ocasião em que o escrevi éramos um grupo de contistas aqui de Copacabana que procurava o novo, então resolvemos, na época, transcender a forma convencional, assim, a maioria de nós optou pelo reflexismo e a experiência era fazer uma estória com menos detalhes e mais elementos para o leitor ler e imaginar, ou seja, o leitor seria co-autor mas, assim como acontece com o cinema, a nossa literatura é baseada em fórmulas e formatos já canonizados. E sair deles é brigar com críticos e clubinhos literários prontos a nos marretar hehe.

Soube que estão atualmente escrevendo com imagens na cabeça, uma nova experiência, para que tudo que se escreva já tenha gancho para roteiro, em virtude da televisão digital estar chegando e também porque aqui no Rio de Janeiro será o grande polo de audiovisual do Brasil, ou melhor, da América do Sul. Pessoas do Brasil já estão vindo para aqui (atores, diretores, técnicos e escritores) e as televisões também, como é o caso da Band, Record, SBT. Com a chegada da Digital, novos (muitos) canais abertos surgirão. A Globo e Record saem na frente com produção de cinema para TV como o fazem os EUA.

Se alguém quiser se aventurar é só ir se preparando para esta radical mudança nas novas linguagens da telecomunicação. E para quem vive reclamando das coisas, que televisão ‘não presta’ e etc, a hora é essa!

As mudanças começam e, mesmo com a internet a todo vapor, a TV será sempre um paralelo, por isso a Digital está chegando. E porque o homem, desde que aprendeu a amar o cinema, e por mais que a Escola de Frankfurt tentasse popularizar a sétima arte, não só perderam a parada como agora, com a Digital, ele, o cinema, invadirá as emissoras com uma nova linguagem de cinema nacional. A telinha vai pegar fogo!

Se você é do tipo que paga pra ver, cuidado: vai perder!

Por mais que a internet seja essa ‘mão na roda’ tecnológica – e vai ficar mil vezes mais competente com o teletransporte quântico – jamais iremos dispensar nosso velho e bom cineminha, inda mais no conforto do nosso lar, com uma tela digital de 40′, pipoca e namorado (a). E sem pagar por fora a TV à cabo. ;)

Então, escritores blogueiros do Brasil: vem aí a Hollywood televisiva do Brasil. Seja você também um roteirista e nos ajude a mudar a ‘cara’ cultural do audiovisual do nosso país.

A linguagem da verdade é sempre simples. (Sêneca)

Anúncios

Sua opinião me interessa ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s