Vamos?

por-do-sol.jpg

Eu vou pegar a estrada e buscar você onde estiver!

Vá preparando tua mochila e teu futuro.

Esquece tudo que viveu até agora porque vou aí te apanhar

com a boca na botija, com a boca pra um beijo

com pressa de viver – ensina-me a viver!

Não junte muita coisa, não carregue nada

que não haverá de precisar – apenas coisas simples

como teu amor e tua arte de escrever

e escreveremos a quatro mãos poemas nossos

de amor e sexo. Terror e êxtase.

Não precisa cobertor – eu cubro você

Não precisa alimentos – eu mato tua fome

e bebo tua sede em beijos loucos e línguas inquietas

que se confundem com amor com medo com febre…

Hei de te abocanhar na próxima curva desta estrada!

Então, meu nego, te arruma rápido, despede da tua mãe

e diz que não sabe se volta, se morre ou cai

no precípício do meu insano amor!

Vou encher o tanque de combustível azul

e fazer a revisão de meu tempo perdido em preto e branco…

Então, garoto mau, te prepara porque vou te apanhar

e visitaremos cidades e inventaremos outras nossas.

Seremos rei e rainha da liberdade,

acamparemos em matos e filmaremos nossa alegria

e a poesia e angústia, o  frio e o medo.

Mas nesta viagem seremos só nós dois

desbravando as curvas sinuosas e os penhascos mais altos…

Pra depois desfalecermos com a nossa vida resolvida

em películas e segredos.

Portanto, te prepara, porque eu vou te apanhar!

Anúncios

Sua opinião me interessa ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s