Silencioso demais


Creio ter vivido o suficiente.
Não que eu não queira envelhecer
Ou desconfie que ninguém me ouvirá.
Só que tudo me parece monótono,
Monótono demais.

Nenhum crime cometido, nada de adultério na rua.
As fofoqueiras estão em casa,
As igrejas fechadas – que bom!
E nenhum açougueiro decepou o dedo.
Nem cachorro atropelado,
Copacabana sem show,
Comércio vazio e computador desligado.

A música é ruído
E o rock sem volume…

Monótono,
Monótono demais.

Anúncios

Sua opinião me interessa ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s