De repente

71497421.jpgPensei que pra fazer poesia

Dependia de querer morrer.

Pensei que pensava demais

Ao invés de morrer.

Entendi que versos são curtos

Quando antes da poesia

O amor trai porque finge

Que existe.

Por isso agora sei que ninguém

Faz poesia sem morrer antes.

Anúncios