ao mestre com carinho


Nada pode ser acaso
nada ocaso me intriga…
Por acaso pedi
que em caso de descaso
eu morresse?
Neste caso
caso haja dúvida
estou aqui
levanto da poeira
e da rasteira
que por acaso
me acertou em cheio.
saudades…

suspiro sem açúcar


parece anestesia
uma droga
uma ponta
fincada na garganta.

um açoite
lambida de fogo
ilusão desanimada
uma merda!

como fosse bala perdida
cirurgia espiritual
dor
dói e dói…

tipo um ferro em brasa
rasgando
o lombo do boi
um braço quebrado
um rim perdido.

dor de abandono
espécie de navalha
sangrando almas
enterrando amores…

ah, se eu
não escrevesse…