Revolução, you say you want…

Acordei com nostalgia. O dia foi passando e nada d’eu mudar o estado de espírito.

Primeiro li no jornal O Globo artigo sobre as revoluções de 68. Isso ontem, domingo.

Passei o dia pensando em como o homem se dispersa no tempo entre uma geração e outra.

Entre etapas escuras como ditaduras militares e guerras assustadoramente inúteis como a do Vietnã, eu passei meu dia ouvindo Joplin, Beatles, Eric Clapton…

De certa forma pude escutar dentro de mim uma espécie de gaita, sei lá. Era um som da minha esperança de ver um mundo melhor. Com menos televisão. Guerra só se for Star Wars.

Ou um filme que assisti hoje que narrava o encontro de John Lennon com Paul McCartney depois da separação da banda.

O cult movie, Two Of Us (Tudo Entre nós), dirigido por Michael Lindsay Hogg, acabou deixando o final do meu dia bem feliz.

E eu sei que você também quer uma revolução.