Espíritos

Imagina tua alma transcendente

 A voar pelas estradas…

Ok, pense então que teus sentimentos

 São como a velocidade e

Que as estradas o fazem derrapar;

As estradas são as vezes

Que alguém te esmurrou

Mas desviando percebes que o tempo passa

Os carros mudam de aerodinâmica e cor,

Porém teu espírito, este é uma criança

Querendo colorir a vida, pois

Entre uma derrapada e outra

O abismo é apenas uma gangorra

No playground da eterna infância.

Anúncios

Decepção

Cora era envergonhada. Criança estúpida, não falava com ninguém. Anti-social, o fiasco de filha única.

Menina estranha, óculos grossos, pernas finas.

Cora cresceu, foi à faculdade e ainda balbuciando casou-se com Pícaro.

Mas o circo pegou fogo e Cora virou Mulher Barbada.