Arquivo do mês: junho 2008

Vingança ou justiça? II

  Leia também Vingança ou justiça? I  e  Fado no Libru Lumen. E o surpreendente final com Fado II também no Libru Lumen.     Vingança ou justiça?  Parte II   Hospital, névoa. Entre consciente e desacordada Laia escutava repetidamente palavras seguidas de risos. “Se … Continuar lendo

Publicado em Contos | 11 Comentários

Revoada Virtual

Com garra, força e determinação… Que este final de semana seja um pouco diferente porque há de trazer boas novas energias para nós blogueiros, nós que resistimos sem saber por que falamos e nos preocupamos tanto com a humanidade e … Continuar lendo

Publicado em alô! | 7 Comentários

SARTRE – A eterna Existência

  Jean Saudek’s photo  EXISTENCIALISMO “Que significará aqui o dizer-se que a existência precede a essência? Significa que o homem primeiramente existe, se descobre, surge no mundo; e que só depois se define. O homem, tal como o concebe o … Continuar lendo

Publicado em Luz e escuridão | Marcado com , | 10 Comentários

Amor, amor, quem explicará?

Era só chegar em casa e dizer “acabou, não quero mais”, porém ele precisava dela, da força, da grana, e até do sexo. A maré tava ruim, o mar sem peixe. Entrou, pé-ante-pé. Ela já deveria estar dormindo. Foi à cozinha, … Continuar lendo

Publicado em Contos | 8 Comentários

Quanto custa?

NÃO NASCEM LÍRIOS DE LUA PELOS CORAÇÕES DE PEDRA. (CECÍLIA MEIRELES) Causa espanto ver e sentir o quanto nos distanciamos da natureza, e com que descaso cuidamos de nosso habitat, nossos veios de bem estar. E principalmente, fico boquiaberta ao … Continuar lendo

Publicado em Crônicas | 12 Comentários

O Corcunda e o fardo

  Escrever, escrever até morrer, sangrar de dor e risos catatônicos, escrever em desespero, escrever calado, calmo, não parar, não descanso, se parar eu morro, se morrer a obra é inacabada, o inferno não quer, o céu sorrirá, olha os anjos, … Continuar lendo

Publicado em Poetizando | Deixe um comentário

William Blake – Pintura e Pensamento

                         [Quem nunca altera a sua opinião é como a água parada e começa a criar répteis no espírito.]  

Publicado em Miscelânea | 8 Comentários

Volto já!

Por enquanto estou sem tempo de postar por aqui. Volto em breve com alguns roteiros originais, inéditos para serem analisados. Enquanto seu Lobo não vem, visite-me no meu blog literário. Será certamente um prazer recebê-la (o).Clique aqui e visite o … Continuar lendo

Publicado em Arte e etc. | Deixe um comentário

Voa e voa minha mente bailarina

 A Bailarina – Degas   Em quantas salas de estar eu já sentei e esperei pelo vinho e pelo último capítulo de um livro triste. Quantas vezes tive que sorrir para a visita em minha sala de estar que mesmo … Continuar lendo

Publicado em poema? | 8 Comentários

Especicismo – modismo trágico

Olha o laçarote dela.   Entre nós, seres humanos pairam sentimentos estranhos, indignos e exóticos até para nós mesmos. As coisas mais sórdidas geralmente são modismos: espancar mendigos, empregadas domésticas, atear fogo em índio, racismo, machismo, homofobia e essas coisinhas … Continuar lendo

Publicado em Isso é sério | 9 Comentários