Arquivo do mês: julho 2008

Tanto faz…

    Conversas Paralelas (3) – Um poema do Pof. Gasparetto  Tanto faz Querer bem, Viver mal Sem sentir! Tanto faz! Tanto faz Ter alguém Ser normal Ir além! Tanto faz! Tanto faz, Almadén Ser fatal Ter vintém, Tanto faz! … Continuar lendo

Publicado em Poetizando | Marcado com | 5 Comentários

Bukowski na cabeça

Quem não souber povoar a sua solidão, também não conseguirá isolar-se entre a gente. (Baudelaire)   Eu não escrevia sobre amor. Não ligava pra isso, achava careta e monótono falar de amor. Preferia falar de coisas cítricas, críticas, guerra, ódio, … Continuar lendo

Publicado em alô! | Marcado com | 13 Comentários

Fenômeno

                                                             É bom, como é bom sentar na poltrona diante da paisagem da vida, sair da órbita, sem interesse, esquecer que um dia houve sonhos, fantasias e uma vontade imensa de alcançar um céu mais especial, um céu que fosse nosso, … Continuar lendo

Publicado em Poetizando | Marcado com | 2 Comentários

Meme – Quando fala a Sétima Arte

Nosso amigo Luciano Alves do Máquina de letras mandou este Meme que consiste em postar uma citação de um filme. De preferência publicar o poster do mesmo. Depois mandar o Meme para cinco blogueiros. Aí vai: A CLOCKWORK ORANGE – … Continuar lendo

Publicado em Cinema | 9 Comentários

Uma bela coleção por 4,90

 A Livraria da Folha, do jornal FolhaOnline, que eu leio,  está promovendo uma lista de livros de respeito, a partir de 4,90 – fora o frete que não passa de 5,00 reais. Livros atuais, autores consagrados analisados por mestres e … Continuar lendo

Publicado em livros | Marcado com , | 8 Comentários

Domingo com humor de Zé Geraldo e Pink Floyd

Nem Pink Floyd Explica (Zé Geraldo/Aroldo Satarosa) Para dar dois passos à frente Nem sempre é preciso dar um passo atrás Por que meter o garfo na mistura se o tempero não te satisfaz? Pode cobrir sua casa sem se preocupar … Continuar lendo

Publicado em Miscelânea | 2 Comentários

Nada – zero x zero

Pós-modernismo Howard Hodgkin   Era uma cama e nada mais, lá fora a revolução, torpedos da Oi e soldados a defenderem seus times no Maracanã. Nada demais, uma cama só, teu corpo e o meu, na varanda ecos dos carros … Continuar lendo

Publicado em Miscelânea | 3 Comentários

Medo

Pós-modernismo Howard Hodgkin   Tinhas medo e não vias; Eras enganada, sitiada na anti-moral, Na mentira que contaram Tantos homens de saias injustas. No silêncio das noites muito sonhaste Divagando em galopes de pecado e gozo. Pobre menina, cresceu com … Continuar lendo

Publicado em Poetizando | 2 Comentários

Dia do escritor! – Stanley Tookie Williams e um parecer de Fátima Tardelli

Não deixe de ler o ensaio de Fátima Tardelli. Stanley Tookie Williams foi um condenado à morte em dezembro de 2005, por  matar várias  pessoas nos EUA, quando era jovem e fazia parte de gangues. Não só jovem, como negro, desorientado e sem a … Continuar lendo

Publicado em autores | Marcado com , , | 15 Comentários

Falas falos falácias

Edward Burra’s picture Ela: Ontem, pedi que Richard se retirasse de minha vida. Dormiu na varanda de meu cansaço e bocejou, fazendo pouco caso da decisão… Ele: Richard sempre precisou de uma mãe, não de mulher. Menino, achava-se até que … Continuar lendo

Publicado em Contos | Marcado com , | 6 Comentários