El Greco versão 2007 – Cinema

 

 

Como estudo roteiro, fica difícil não falar de cinema, embora eu tenha um blog para isso que anda meio quieto porque estou de recesso. Não de assistir a belos filmes, isso jamais, por isso deu vontade de dividir com vocês esse filme espetacular. El Greco.

Domenikos Theotokópovlos foi um pintor grego nascido na Ilha de Creta, um artista controvertido que questionou os dogmas de uma igreja inquisidora no final do séc. XVI, início séc. XVII.

Desdenhava a aristocracia, os nobres, entretanto se apaixonou perdidamente por Jerónima de las Cuevas, uma linda mulher representante de tudo que El Greco questionava. Perdeu a consideração do então rei da Espanha Felipe II ao pintar de forma distorcida o Martírio de São Maurício, encomendada pelo rei em pessoa.

Sua pintura é considerada barroca mas de essência bizantina porém, com uma inconfundível distorção espiritualmente pessoal. Influenciou artistas expressionistas do séc.XX.

Convidado a pintar na Espanha motivos eclesiásticos para a igreja e os nobres, foi perseguido pela Inquisição por suas constantes inquietações artísticas.

Na versão de 2007 – creio que ainda não estreou no Brasil – o filme foi roteirizado por Jackie Pavlenko, a partir de uma biografia escrita por Dimitris Siatopovlos.

 Yannis Smaragdis assina a direção. Este filme promete. É falado em grego e inglês.

Em 1966 foi filmado El Greco pelo diretor Luciano Salce, com Mel Ferrer, Adolfo Celi e Rosanna Schinffino no elenco. Uma belíssima produção.

Acima, o trailer da versão 2007. O ator Nick Ashdon interpreta El Greco, ao lado de Laia Marull como a aristocrata Jerónima.

A trilha sonora fica por conta de Vangelis. Nem preciso comentar.

Fica aí a dica de um bom cinema. Assista ou reveja El Greco de 1966 e aprecie sua pintura. Depois conferimos esta produção grega de 2007.

3 comentários em “El Greco versão 2007 – Cinema

  1. Vale a pena assistir à versão de 66. E vc falou tudo: caiu no gosto de todos, apesar do sisudo rei.
    Bom te ‘ver’, já estava saudosa 😉
    Beijos querido. 🙂

  2. Não tenho conhecimento para discutir se o filme é bom ou não. Apenas tenho uma impressão se é bom. Ou se compreendo a mensagem. Como é um ‘trailer’ falar algo é ainda arriscado. Mas posso dizer da fotografia que é maravilhosa, as cores são fantásticas, a direção de arte é precisa; posso também falar do sua lembrança do El Greco que é um pintor muito acima da média. Creio também que é pela fusão das culturas que ele conseguiu sintetizar em sua obra. Como você observou. Essa fusão é produtiva e pegou no gosto de todos, apesar do rei. Grande dica, menina. Beijos.

Sua opinião me interessa ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s