Nós dois – Germana Fecundo

NÓS DOIS 

Estamos com pensamentos e idéias diferentes…
Você sempre me confunde,
Não sei se de propósito
Ou se tudo é mesmo culpa minha
Que insisti quando você já tinha dito que não queria.

Não adianta continuarmos nisso,
Porque eu nunca vou me acostumar com essa situação.
Nunca vou me acostumar com sua ausência
E muito menos com a sua indiferença.

Eu não sou tão aberta e muito menos tenho tanta força assim;
Estou aqui outra vez chorando por você
E sempre estou esperando você ligar para mim.
Para conversarmos ou para você me chamar para sair,
Mas você não liga, você sequer me dá notícias
E nem atenção quando nos encontramos.

Desculpa, mas eu não quero assim não.
Você realmente é a pessoa que eu quero
Mas o inverso é desigual
E eu quero ser amada e querida também.
Não quero mais amar sozinha.

Vou, finalmente, deixar-te em paz
E tentar me desintoxicar de você.
E, se você ainda me quiser,
Seja rápido,
Porque quando eu te esquecer,
Eu não vou mais voltar atrás,
Vou te esquecer para valer.

[Germana Fecundo]

Anúncios

Sobre Day

As pessoas que consideram que a coisa mais importante da vida é o conhecimento lembram-me a borboleta que voa para a chama da vela, e, ao fazê-lo, queima-se e extingue a luz. (Tolstoi)
Esse post foi publicado em Poetizando. Bookmark o link permanente.

11 respostas para Nós dois – Germana Fecundo

  1. Daisy disse:

    … E bola pra frente, né?
    Beijo Malzinho. 🙂

  2. maldito disse:

    Ele não merecia ela mesmo… pode ter certeza.

    Bjos minha querida Dai.

  3. Daisy disse:

    Oi Daniel,
    Com certeza estou dentro. Mas, vivo um momento de férias da pior faculdade do mundo: me transformei numa autora roteirista de audiovisual, ou seja, entre uma dúvida e outra, vc me dá a certeza de que posso fazer parte de um projeto desta natureza.
    Conte comigo. Farei contato.
    Muito obrigada,
    Beijos e saudações.

  4. Daniel disse:

    (Olá. Desculpa o comentário fora do assunto do post, mas eu acho que pode interessar. Aqui é Daniel, do http://www.amalgama.blog.br. É o seguinte: estamos criando uma página no site para blogs parceiros, e estou te convidando a fazer parte. Além de ter o link do teu blog permanentemente na página de parceiros, todo fim de semana lincaremos no Amálgama os melhores posts da semana publicados nos blogs parceiros. É mais uma oportunidade pra você ganhar leitores. Para ser parceiro nosso, você deve pôr aqui em sua barra lateral a widget que contém as atualizações do Amálgama; nada que vá tomar muito espaço.

    O que me diz? Se quiser fazer a parceria, me contata através do editor.amalgama@gmail.com que eu te passo o código da widget e esclareço qualquer dúvida que tu possa ter. Aguardo o e-mail.)

  5. Oi, minha amiga! Estava com saudade. Fiquei uns dias sem poder fazer tudo que quero, o tempo não deixava, então passei rápido por aqui e nem comentei.
    Situação difícil essa do ‘Nós dois’. Insistir às vezes muda as coisas, nos faz conseguir o que desejamos; outras vezes não, só confirma que devemos aceitar uma primeira negativa, ou segunda, terceira… Mas, em muitas situações precisamos sentir na pele pra ter certeza, pra aprender a identificar o que pode ser melhor pra nós, a fazer as melhores escolhas, levando em conta a medida dos riscos. E precisamos suportar a dor das próprias descobertas. Se a relação é tóxica, a permanência de contato aumentará as doses destruidoras do organismo; veneno em alta quantidade pode ser fatal, mesmo que alguns sejam curativos em dose mínima, nesse caso não intoxica, faz bem. Isso pode confundir… Ah, a vida é confusa, a natureza também é, não só os seres humanos.
    Que todos consigam perceber um bom futuro quando a dor e o sofrimento estiverem presentes! Uma boa percepção do que pode vir produz doses curativas de esperança, bom antídoto para o mal provocado por relacionamentos tóxicos.
    Beijos

  6. paulovilmar disse:

    Dai!
    Eu tenho uma camiseta escrita “eu te amo!”
    Beijos de saudades…

  7. Marcela disse:

    foi o guto que disse

  8. Marcela disse:

    tas deprimida dai

  9. Grace Kelly disse:

    Olá!

    Minha amiga Fátima me indicou este lugar e adorei. Também eu amei e não fui correspondida (ele era um cachorro mesmo!). Mas tudo bem, amo a mim mesma e isso TÊM de ser suficiente.

    Adorei este blog, posso te linkar?

    Balanço de cauda para vc!
    🙂

  10. Marcela disse:

    esse texto nao eh seu? rs.. depois q eu vi..
    quem eh Germana Fecundo??
    bj

  11. Marcela disse:

    SEMPRE DAISY CARVALHO!! Lembra uma crÔnica do Verissimo… muito bom monanoite! beijo querida

Sua opinião me interessa ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s