Arquivo do mês: dezembro 2008

FELIZ 2009!

Aos amigos e leitores, e quem mais aparecer por aqui, saibam que a Dai deseja a todos um ano novo feliz, com prosperidade e saúde – física e espiritual. Que sonhos se realizem e vitórias sejam alcançadas. Beijos em seus … Continuar lendo

Publicado em alô! | 2 Comentários

Xadrez

Tantas cavalgadas nas estribarias infectadas de rosas e incensos, Palavras e promessas, e eu ali, sozinho, fumando obsecado As escrituras em máquina de escrever a razão… Poderia ter dado passos mais firmes, com amor. Amor. Uma palavra, palavrinha minúscula na … Continuar lendo

Publicado em Poetizando | 12 Comentários

Escrever é tardio pensamento

“Há homens que se agarram a sua opinião, não por ser verdadeira, mas simplesmente por ser sua.” (Agostinho) Pensar antes, sofrer antes da existência. No silêncio a vida há, antes de ser. Escrever é tardio pensamento, porque muito antes do … Continuar lendo

Publicado em Luz e escuridão | 13 Comentários

Geladas

  Que coisas podem deixar um homem constrangido diante da vida? Que dores poderiam fazer um homem chorar em sua solidão? Com César aconteceu de forma inusitada…   Era um final de tarde, no centro da cidade. Ele, depois do … Continuar lendo

Publicado em Miscelânea | 17 Comentários

Ainda Bem…

 Em princípio, não saberia encontrar a pia. E ainda que eu quisesse vomitar, não saberia onde. Se desejasse gritar, pressinto que a parede não isolaria-me do ruído. E que ruído ruge mais que o leão? Ao invés de delirar, eu poderia, ao … Continuar lendo

Publicado em Poetizando | Marcado com | 10 Comentários