Entretanto

beijo

Foto – Helmut Newton

O que sai da boca do homem pode contaminar,

ser um intruso comentário a esfacelar multidões e sentimentos.

Pode até alavancar guerras e destruições sem prévio aviso,

ou mesmo um suspiro de orgasmo ou sono.

O que sai da boca do homem pode causar inveja e furor,

pode dar tumor e tirar o baton.

 É possível que cale em silêncio oriundo

de um distante mundo solitário,

e até levar à morte da alma, da carne.

O que sai da boca do homem pode ser palavra de maldição,

poema sem razão, e nem ser poema…

Entretanto, um beijo bem dado salva uma vida inteira.

Anúncios

Sobre Day

As pessoas que consideram que a coisa mais importante da vida é o conhecimento lembram-me a borboleta que voa para a chama da vela, e, ao fazê-lo, queima-se e extingue a luz. (Tolstoi)
Esse post foi publicado em poema?. Bookmark o link permanente.

5 respostas para Entretanto

  1. Daisy disse:

    Assim me parece você, querida. Obrigada.
    Beijo 🙂

  2. Aline Lima disse:

    Perfeito, delicado e apaixonante como sempre Dai! Bjokas

  3. JLM disse:

    Faz um post ou comenta lá no meu blog, no post q criei dos top5. vc já viu qual livro escolhi como melhor de 2008? vc conhece…

  4. Dai disse:

    Mando pra ti?

  5. JLM disse:

    olá

    gostaria q vc revelasse quais livros te marcaram em 2008, talvez os Top5. o q me diz?

    1 abraço

Sua opinião me interessa ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s