Maravilhosamente XIV Bienal Internacional do Livro no Rio de Janeiro

home_BienalRio_NOSVEMOS2011livroemcena3_gingafotosgaleria_imagem_31_164cafe1_aggingafotos
livroemcena2_gingafotos

Espetáculo

Personagens criaram vida, surgindo diretamente das páginas dos clássicos, sob a curadoria do ator e diretor Paulo José. A atração contou com a participação de Matheus Nachtergaele, Tony Ramos, Marília Pêra, Giulia Gam, Elisa Lucinda, Domingos de Oliveira, Priscilla Rosenbaum, Renata Sorrah, Lázaro Ramos, Paulo Betti, José Mayer, Malu Mader e Mariana Ximenes. Sensacional!

Saudades

Quando eu iniciei na blogosfera, foi no Lendo.org do André Gazola. Lá, eu comentava clássicos da literatura. Falei de Machado de Assis a Bruna Lombarde. Era um prazer incomensurável. Eu respirava literatura, comia livros. Depois fiquei solo aqui no Blog da Dai. Comecei a escrever na net. Virou vício.

Sinto falta de falar de literatura. Talvez eu crie um novo perfil aqui, dando destaque aos livros. Tenho lido coisas interessantes e profundas, como filosofia, teologia comparada, e contos de autores ao redor da terra. Lá, no Lendo.org eu nunca falava da Bienal daqui do Rio, pois achava que poderia parecer soberba porque vários dos amigos da rede moravam no interior dos estados.

Enfim, hoje vejo que poderia e posso fazer muitas matérias dessas bienais cariocas. Porque são incríveis mesmo, pessoal. Olha, por exemplo estas performances aí. É coisa de louco. A Bienal é um mundo de sonhos, onde você definitivamente não quer acordar. Fico imaginando a Alice e o Pan.

Livros

Para os tietes de autores é prato cheio. Transbordantes. Entre os norte-americanos, um desfile. Como Arthur Phillips (comparado a Hemingway); o quadrinista Dash Shaw de apenas vinte e seis anos; Meg Cabot, autora de mais de quarenta best sellers, geradora de filmes da Disney. E muito mais, o post tem que acabar.

Destaco David Wroblewski com o livro A História de Edgar Sawtelle. O escritor anda sendo muito elogiado por nada menos que Stephen King. O livro conta a estória de um menino mudo diante do assassinato do pai. Vai virar filme. Tom Hanks e Oprah Winfrey já compraram os direitos de filmagem. Vai dar samba.

Sem falar dos brasileiros. Na próxima.

Anúncios

Sobre Day

As pessoas que consideram que a coisa mais importante da vida é o conhecimento lembram-me a borboleta que voa para a chama da vela, e, ao fazê-lo, queima-se e extingue a luz. (Tolstoi)
Esse post foi publicado em livros e marcado . Guardar link permanente.

3 respostas para Maravilhosamente XIV Bienal Internacional do Livro no Rio de Janeiro

  1. Daisy disse:

    Eu sempre gostei de ler, mas depois da net, fui me distanciando dos livros, sempre estou lendo algo, porém, sinto falta de ler muitos livros, pelo menos uns dois por mês. Leio de forma fragmentada. Preciso (ou precisamos) nos desvencilhar um pouco do computador e pegar livros com as mãos. Folhear… viajar. Obrigada pela visita, LS e Erwin
    Beijos, amigos! 🙂

  2. L.S Alves disse:

    Não precisa abrir outro perfil. Pode ser aqui mesmo.
    Beijos.

  3. Djabal disse:

    Você faz e fez muita falta. Escreva mesmo, conversaremos sobre literatura, ou pensaremos que estamos conversando. Apenas para contar causos, encontrar semelhanças, diferenças e matar as saudades. É isso. Beijos.

Sua opinião me interessa ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s