LEI do LULA

collage330

Este aí é o Lúcifer. Ou melhor, hoje, depois de milhares de anos, passou a ser conhecido como Satanás, que significa adversário. Dependendo do ponto de visão, ele pode ser considerado parceiro, amigo, mestre. A conotação adversário, por exemplo, é pertinente a quem está do lado oposto. Se há adversário, significa que há dois lados.

O outro lado é Deus, o Todo-Poderoso. O que criou os céus e a terra, com tudo que há neles. Entretanto, para Satanás, Deus, seus anjos de luz, querubins, e seus seguidores na terra (homens), é que são seus adversários.

Teologicamente, ou melhor, do ponto de vista antropológico, não convém, por medidas cautelares da sociologia, que o homem por si só defina ou redefina o que certo e errado. Contudo, existe uma característica um tanto misteriosa pertinente à nossa existência, que é chamado pela psicologia e outras ciências de inconsciente coletivo.

Está contido num lado do cérebro humano há gerações. Alguns conceitos imutáveis de certo e errado, que vem associar-se espontaneamente aos mandamentos de Moisés. Isto é uma conotação do bom adversário. Não significando, todavia, que o homem há que definir-se: Deus ou Satanás.

O homem, ao contrário dos espíritos, convive, desde sua criação, com as moléculas da inconstância. Dubiedade faz parte do caráter humano. Dúvidas e crises existenciais. Nem mesmo um dos apóstolos de Jesus Cristo, o Judas Escariotes escapou te tal ameaça. O caráter não pode ser definitivo sem treinamento espiritual.

Fica claro, ao menos para mim, que a dificuldade que encontramos em aceitar Deus como mantenedor de nossa existência, talvez seja a dose excessiva de liberdade, o livre arbítrio pertinente à raça humana. Independente da religião, haverá nela o bem e o mal. É possível encontrar pessoas boas nas religiões mais dúbias em seu caráter formativo, como também, a exemplo de Judas, o mal habita em toda parte.

No final das contas, acredito que uso de imagens são de pouca valia. Já temos a propensão a crermos até em pedras e gravuras. A ilustração acima é só para somar ao post.

Ghandi teve um sonho que cresceu. Hitler também.

As novas políticas brasileiras apontam para uma guerra de religião. Desafetos do presidente Lula que não se sabe se está com os evangélicos ou com os umbandistas. De alguma forma, esse Deus que a tudo criou não está contido nesses homens dúbios.

Com relação a imagens, bom advertir que a gravura acima, segundo os Evangelhos, comete um erro – a chave que Satanás segura em sua mão não mais lhe pertenceria. Teria este sido derrotado pelo leão de Judá, que tomou-lhe a chave da vida e da morte, o que garantiria a salvação do homem.

Respeito as religiões. Da evangélica, mesmo não entendendo o Bispo Macedo que, dizem, destina quarenta por cento do dízimo arrecadado à TV Record – a qualquer manifestação. Porém, levantam-se dois lados dentro da política brasileira. Deus versus diabo?
Aguardemos.

Anúncios

6 comentários em “LEI do LULA

  1. Olá, Jhônatas!
    Eu dei muitas voltas por aí, antes de ler a Bíblia. Tenho estado estarrecida. O que antes eu achava antigo e contraditório tem chamado muito minha atenção. Gostei quando disse ser protestante por causa de Cristo e não do cristianismo. Quanto aos milagres, ao menos na televisão, eu acho que está se tornando uma espécie de show biz.
    Beijão! 🙂

  2. Eu tento ter uma visão simplória sobre o que Deus e/ou diabo são em detrimento à complexidade do mistério. Apenas tento, pois no final as respostas serão apenas reféns de nosso conhecimento.

    Gosto do exemplo de Lessing: “Se Deus tivesse, na sua mão direita, a verdade toda, e na sua mão esquerda a infinita busca da verdade, sem nunca chegar a ela, e me dissesse: ‘Escolha!’, eu diria: ‘Dá-me a tua mão esquerda porque a verdade é para ti somente’.”

    Para ser bem sincero, não vejo tanta contrariedade e sim muitos paradoxos (Acho até que você segue esse mesmo raciocínio) e os mesmos dependem do comum para serem incomuns. A alteridade (entre o Bem e o mal, Deus e o diabo, os homens e suas culturas) é nítida para aqueles que acreditam na co-existência como objetivo espiritual. Eu escolhi esse caminho, o de ver Deus no “entre”. Sou “protestante” por causa de Cristo e não por causa do cristianismo…
    Me veio em mente a parábola dos 10 leprosos que foram curados por jesus e apenas um voltou para agradecê-lo. Acho que a beleza do sagrado bastou àquele homem que voltou e agradeceu a jesus, enquanto os outros ficaram apenas com o milagre. Quanto mais objetivamos os milagres mais ficamos longe de Deus. Quando saimos e sequestramos o sagrado para usá-lo em nossos póprios propósitos, nossa alma só encontra confusão e nos deparamos, ao final, não com a luta entre Deus e o diabo, mas com o egoísmo, a vaidade, o ibope, o poder político, bem como, metaforicamente, você explicitou ou “implicitou”.

    Beijooo

  3. Oi, Lu!
    É que o Estado brasileiro é laico, porém, o governo está aprovando umas leis aí meio dúbias. Exemplo: Educação africana (apelido para crença) nas escolas, dentre outras coisas. De certa forma, está incentivando o povo a disputas, com a lei da liberdade religiosa, sendo que tudo indica que a igreja católica sai ganhando, em detrimento das demais. Se estiver interessado te mando um dossiê hehe
    Beijo

  4. Nenhuma religião prega a morte, a discórdia, a desinteligências, todas pregam o amor.
    Existe um pequeno grande problema, o homem e a sua visceral disfuncionalidade. As instituições que ele constrói, são reflexos da ânsia do poder.
    Disse alguém que o mundo começou sem o homem e terminará sem ele. Será que ficará alguma religião, ou lembrança dela?
    Beijos.

  5. Não saquei bem qual a polêmica do Lula, mas só sei que desisti das religiões já há algum tempo. Não me agradam os resultados que vejo.
    Um abraço moça.

Sua opinião me interessa ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s