Saudades de um cara chamado Blog que queria ser Rei

Andei distante deste blog, mas não distante do amor que sinto pelo cinema, o audiovisual em geral. E descubro, boquiaberta, que eu amo esse cara aqui, meu bloguito solitário.
Vou recomeçar. E, de cara, recomendo o épico “Davi”. Independente de religiões ou crenças, o filme é magnífico por diversas razões, porém, exalto duas: a verdadeira história deste que é até hoje considerado o maior Rei de Israel. E a primorosa produção (super) que faz deste filme, um dos maiores épicos já concebidos pelo planeta cinema.

Viva o Rei Davi!

É a história de um jovem pastor que é aclamado como herói ao derrotar o poderoso Golias, guerreiro filisteu. Famoso por sua bravura destemida, torna-se o novo Rei de Jerusalém. Porém, seu futuro reinado é ameaçado quando ele se rende a um caso de amor ilícito, com uma mulher casada, e a engravida.
Por utilizr meios injustos a fim de resolver seus problemas, passa a sofrer graves punições divinas, e começa a perder gradativamente o controle sobre o seu povo e sua família. Mas seus esforços o tornaram um grande Rei e líder como um dos poucos indivíduos da história de Israel que conseguiu criar um reinado.

Ficha Técnica

Título original: David
Gêneros: Drama, Documentário
Tempo: 175min
Ano: 1996
Direção:
Robert Markowitz
Roteiro:
Larry Gross
Elenco:
Elenco:
Jonathan Pryce (Saul)
Nathaniel Parker (David)
Franco Nero (Nathan)
Leonard Nimoy (Samuel)
Sheryl Lee (Bathsheba)

Anúncios

Sua opinião me interessa ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s