Arquivo do mês: abril 2010

O que não é o amor, Fernando Pessoa?

Amor é não ficar sem dormir. Tantas palavras existem. Eu me detive no verbo do Veríssimo-defenestrar. Na verdade eu estava descansando do almoço; peguei um dos meus vários livros – O Analista de Bagé. Fernando Veríssimo, é vero! E, quase … Continuar lendo

Publicado em Crônicas | 5 Comentários