Da mentira


Li um artigo de um amigo escritor, onde me deparei com um assunto inóspito – a mentira do homem moderno. Deu um aperto no peito e uma vontade de gritar. De fato, estamos todos mergulhados nas agruras da pós-modernidade, um sentimento de medo (nuclear, adultério, perdas, falta de dinheiro)… Um medo que, na verdade, nem é tão profundo já que o homem deveria saber em que momento se perdeu. Os aborígenes sabem. Aquela velha história de natureza, preservação, etc. Entretanto, natureza é Deus, é amizade, cultura preservada, e economia estável – quem aguenta ver tanta criança fumando a morte? E quem poderia imaginar o Brasil já ser aí a sétima economia mundial com tantos analfabetos sem poder ler o que escrevemos? É tudo mentira. Engodo do homem moderno. Há um Ser acima desta mentira. Há o mundo inteiro. Estaremos perdidos? Uma espécie de Arca de Noé, ou era do gelo? Corações frios, então…
A mentira nega nossos valores. E os meus. A mentira esconde nossas origens. Quem é branco de fato? Somos negros como a neve?!
Oxalá uma hecatombe desfaça esses laços hipócritas. Sejamos um povo sem espelhos. Um povo novo, renascentismo pós-moderno. Que sejamos um endereço bom para morar. Onde a Verdade seja o nosso Deus desmitificado. Um lugar de alegria, sem mortes.
E, por favor, esqueçam os primatas. Pois se até Darwin…

Anúncios

Um comentário em “Da mentira

  1. ñ lembro quem disse q as nossas mentiras revelam tto sobre nós qto as nossas verdades.

    entretanto, as convicções são inimigos da verdade bem mais perigosos q as mentiras (nietzsche), pois a verdade q fere é pior q a mentira q consola (baccelli) e, eqto o amor pode morrer na verdade, a amizade morre na mentira (bonnard).

    contudo, os mentirosos tem uma vantagem, a d ñ serem acreditados qdo dizem uma verdade (aristóteles). assim, é difícil acreditar q um homem está dizendo a verdade qdo vc sabe q mentiria se estivesse no lugar dele (mencken). qdo os meus inimigos pararem d falar mentiras a meu respeito, paro d falar verdades sobre eles (stevenson).

    para o artista, a arte é a mentira q nos permite conhecer a verdade (picasso), pois a mentira é sempre mais interessante q a verdade (fellini). e somos pobres pq as mesmas palavras q usamos para mentir usamos para falar a verdade (espanca). afinal, a mentira é apenas uma verdade mascarada (byron) e como diria o filósofo homer simpsom: eu ñ minto, apenas faço ficção com a boca.

    ****

    como quem é viva sempre aparece, obrigado pela visita e comentário. e boas festas p vc tb (ñ é mentira!).

Sua opinião me interessa ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s