Arquivo do mês: fevereiro 2012

Confissões de uma desvairada

FOTO – HELMUT NEWTON Acordei sem saber por onde começar. Se pedindo perdão pela ausência, ou se confessando minha traição. Não sei bem qual seria sua reação, mas nosso amor sempre fora tão digno, maduro. Entretanto, há coisas na vida … Continuar lendo

Publicado em Crônicas | 4 Comentários

Medo

A freira dobrou a esquina e deparou-se com um estranho homem. Barba por fazer e mal vestido, uns quarenta anos, tinha aço no olhar. Estremeceu. Olhou para todos os lados. A rua estava deserta. O homem avançou em sua direção, … Continuar lendo

Publicado em Contos | 8 Comentários

Conexões com Verdi

Onde está minha cabeça neste imenso universo? Descansando é que não está. Está na velocidade de todas as coisas. Captando novidades, ouvindo música electrônica como se fosse valsa de Verdi. Compondo imagens, fazendo colagens, multiplicando ações, gritando na manhã depois … Continuar lendo

Publicado em Arte e etc. | 2 Comentários

Cara Pálida – Música

Me transformei num cara pálida E desliguei minha tv Passei a andar nu pela floresta Oh! Eu não sei se eram os antigos Índios que diziam assim: Arco e flexa, índios que diziam assim Cara pálida, índios que diziam assim … Continuar lendo

Publicado em Arte e etc. | 3 Comentários