Arquivo do mês: julho 2012

Tolos

‘Não quero choro nem velas’ lá onde minha sombra quer ficar assim mesmo, sem estardalhaço, sem vozes eu mesma aprendi a gritar no vazio espantoso de meu solitário abrigo, eu mesma cantando e contando cédulas e células de meu tronco, … Continuar lendo

Publicado em Poetizando | Deixe um comentário

Poema do Advogado

  Poema ao advogado (Aónio Eliphis, Filadélfia, Dezembro de 69) Onde estavas meu cabrão quando Lhe decretaram a crucificação? Onde estavas filho da puta quando Lhe recriminaram a conduta? Onde estavas meu cabrão quando nem Madalena Lhe esticou a mão? … Continuar lendo

Publicado em alô!, Poetizando | Deixe um comentário

Edgar Allan Poe

Só Não fui, na infância, como os outros e nunca vi como outros viam. Minhas paixões eu não podia tirar de fonte igual à deles; e era outra a origem da tristeza, e era outro o canto, que acordava o … Continuar lendo

Publicado em autores, Literatura, Poetas | 4 Comentários

Noite Apressada

Era uma noite apressada depois de um dia tão lento. Era uma rosa encarnada aberta nesse momento. Era uma boca fechada sob a mordaça de um lenço. Era afinal quase nada, e tudo parecia imenso! Imensa, a casa perdida no … Continuar lendo

Publicado em Poetas, Poetizando | 1 Comentário

MegaBytes

De imediato me vem à cabeça uma imagem obscura quando pretendo refletir a respeito de meus anseios literários. Tantos estilos desembocaram nesta era de mentira, fragmentos e superficialidade, que me bastava apenas folhear minha memória tão antiga quanto Almeida Garrett … Continuar lendo

Publicado em autores, Literatura | Deixe um comentário

Expurgo

Sempre quando durmo assassinada por ti, ou melhor, por tuas palavras, Fica um grito, uma coisa como um bicho na garganta, sensação inócua Porque é pueril a realidade de tua existência em mim. Pensa que pensa que pensa e nada, … Continuar lendo

Publicado em Belas, Poetizando | Deixe um comentário

Luto

Luto Luto contra Eu luto meu luto Sempre Por um instante Se luto é meu Não-luto não luto Se luto os outros Luto com palavras Sozinho Mas ainda Luto. …………… Mais que um poema, são palavras fortes que causam espanto … Continuar lendo

Publicado em Poetas | 3 Comentários