Arquivo da categoria: alô!

METÁSTASE MORAL

O comportamento humano é viral. “Coisas” vão passando de geração em geração. Muitas vezes são boas, são benéficas à humanidade. Entretanto, as notícias são humilhantes para nós mesmos. O homem, hoje, vive uma fase derradeira de amoralidade, falta de castidade … Continuar lendo

Publicado em alô!, Crítica, Crônicas, Espiritual, Filosofia | Deixe um comentário

DA ETIMOLOGIA DA INVEJA – O PRECONCEITO

O preconceito é apenas a negação do que não se tem conhecimento. Etimologicamente, a palavra “inveja” tem sua origem do latim INVIDIA, inicialmente “olhar torto, lançar mau-olhado sobre”, e IN, “em”, mais VEDERE, “olhar”. Ou seja, olhar de má vontade … Continuar lendo

Publicado em alô!, Crítica, Curiosidades, Dicas, informação | 4 Comentários

Culpabilidade – Isabel Gouveia

O que é o perdão? Vivi na esperança de o ter entre os dedos. Quem diz que o alcança só vive de enredos… Fiz mal? Mas a quem? Que venham contar-me as mágoas geradas por meu vil desdém e as … Continuar lendo

Publicado em alô!, Escritores, Poetas | Marcado com , | Deixe um comentário

Deus! Acabou o Pesadelo!

Ideias Medievais Na boa, e sinceramente, muito me custou acompanhar a rodada do bloguito literário Duelo de Escritores, tarefa realmente estafante, inglória e entediante, haja vista que minhas previsões se cumpriram. Nenhum texto brilhante, nada de novo. E muita falta … Continuar lendo

Publicado em alô!, Arte e etc., autores, Crítica, Literatura | Deixe um comentário

A Troca Justa

Aprendi que a Paz é mais saborosa que a guerra; entretanto, também cursei a escola da dignidade, onde entendi que “quando um não quer dois não brigam”, mas também sou a favor de duas mãos cumprimentando-se, fazendo a honrosa paz. … Continuar lendo

Publicado em alô! | Deixe um comentário

Poema do Advogado

  Poema ao advogado (Aónio Eliphis, Filadélfia, Dezembro de 69) Onde estavas meu cabrão quando Lhe decretaram a crucificação? Onde estavas filho da puta quando Lhe recriminaram a conduta? Onde estavas meu cabrão quando nem Madalena Lhe esticou a mão? … Continuar lendo

Publicado em alô!, Poetizando | Deixe um comentário

Paz

Paz é poder dormir sem dor. Mas como evitar a dor? Fazendo amigos e sendo amigo também. Por isso desejo a todos os amigos e leitores muita paz no coração. Coração aqui conota nossos pensamentos, o que sentimos está guardado … Continuar lendo

Publicado em alô! | 5 Comentários

Temporada de Exposição de Contos e Poesias Justicinha

LOGO EU? Logo eu, que não estudei Direito, não fui feito à imagem e semelhança de Deus? Logo eu, que nem sei por que nasci? Eu, que não posso me posicionar como de esquerda ou de direita? Eu, que não … Continuar lendo

Publicado em alô!, Contos | 7 Comentários

O Bem é Nosso

  Buscar a vida é tarefa das mais difíceis, sem dúvida. Não é privilégio de muitos. Em geral nós estamos envolvidos com nossas preocupações; das mais variadas vertentes. De ordem financeira, conflitos banais, familiar, no trabalho.   Fala-se em A … Continuar lendo

Publicado em alô! | Marcado com , | 7 Comentários

Dez coisas que mulher elegante não pode praticar

Ok, Reconheço que ando pegando pesado. Papo cabeça para quê?, se eu sou uma desmiolada? O negócio é curtir a vida e rir. Pensando assim, eu configurei nos meus arquivos de mulher, uma lista sem-vergonha dos micos praticados por nóis, … Continuar lendo

Publicado em alô! | 27 Comentários