Arquivo da tag: belas

O CAVALEIRO INFIEL

O Cavaleiro Infiel Me transformo agora em negra flor pois que vens e me perfumas com loções de barba ervas sumas em abraço és-me tórrido beijador Teu grasnar é tal surpresa mesmo ali oh!, lugar qualquer a volúpia não tem … Continuar lendo

Publicado em Arte e etc. | Marcado com , , | Deixe um comentário

Dele a Elegia

Como magia ou outro fenômeno qualquer naquele momento deixei de ser artista estanquei de ser mulher. Vibrei o instrumento na vidraça e o som das lascas de madeira, os cacos ruidosos confundiram-se com a dor da tua elegia – Por … Continuar lendo

Publicado em Arte e etc. | Marcado com , , , | Deixe um comentário

O Amor é Acidente, uma Renúncia, um Hábito, uma Maldição – José Eduardo Agualusa

O amor é um acidente. Eu estava sentada no regaço de uma mulher de cobre, uma escultura de Henry Moore, e Bill debruçou-se sobre mim e beijou-me nos lábios. E de repente eu amava-o. Amava-o e só isso importava. Reparei … Continuar lendo

Publicado em autores, Belas, Contos | Marcado com | 2 Comentários