Arquivo da tag: Elegia

Dele a Elegia

Como magia ou outro fenômeno qualquer naquele momento deixei de ser artista estanquei de ser mulher. Vibrei o instrumento na vidraça e o som das lascas de madeira, os cacos ruidosos confundiram-se com a dor da tua elegia – Por … Continuar lendo

Publicado em Arte e etc. | Marcado com , , , | Deixe um comentário