Arquivo da tag: poema?

Dele a Elegia

Como magia ou outro fenômeno qualquer naquele momento deixei de ser artista estanquei de ser mulher. Vibrei o instrumento na vidraça e o som das lascas de madeira, os cacos ruidosos confundiram-se com a dor da tua elegia – Por … Continuar lendo

Publicado em Arte e etc. | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Black Beijo

  Não haverá beijo em tão longa distância. Minha África é cerebral, meus medos são todas as bombas estourando no mesmo instante. Não, não poderei beijá-lo jamais. Para mim sempre foi pedreira, escarradeira, todos os meus amores desaparecem como a … Continuar lendo

Publicado em Arte e etc. | Marcado com | Deixe um comentário

Tu & Eu Destino

Lancei o desafio na cara do destino. Desde o início desconfiei que ele me odiava. Olhei suas narinas através do espelho. Os olhos eram negros flamejantes; A boca retorcia um sorriso, mas eu não me detive em ilusões. Nos enfrentamos desde … Continuar lendo

Publicado em Arte e etc. | Marcado com , | Deixe um comentário

FUTURO

  Anda ainda o homem-macaco a falar das coisas vãs. Ele se sente o rei de todos os reinos. Na idiossincrasia vestibulanda, ele trapaceia; ignora todos os códigos – de honra, genéticos. Vale quanto pesa sua consciência, contudo, ele não … Continuar lendo

Publicado em Arte e etc. | Marcado com | 1 Comentário

Boyfriend’s Day

Não é pelo dia aclamado, nem por força do meu âmago, Não é o frio no estômago, talvez nem paixão seja. É como um mistério, uma vontade maior que eu, Maior que meu corpo. Não quero explodir o mundo, Não … Continuar lendo

Publicado em Arte e etc. | Marcado com , | Deixe um comentário

Leviana literatura

Andei em uma estrada escura, Tinha muita bebida, porém pouca leitura. O tempo foi longo, demorado… Nem luz de velas, nem de lampião: Estava sempre escuro E era sem energia meu coração. Algumas vezes até tropecei em livros, Entretanto, o … Continuar lendo

Publicado em Poetizando | Marcado com , | 12 Comentários